Pesquise...

Últimos Posts

Arquivo de Posts

2018 - 2017 - 2016 - 2015 - 2014 - 2013 - 2012

Postagens Populares

Vem Comigo!

     
  •      
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Tecnologia do Blogger.

Total de Acessos


PRÓLOGO
"Quando a saudade invade o coração da gente, e pega a veia onde corria um grande amor, não tem conversa, nem cachaça que dê jeito, nem um amigo do peito, que segure o chororô..."
Fagner - Lembrança de um beijo

Saudações,

Não tem jeito, quando a nostalgia chega não há o que fazer! É como naquelas situações quando lembramos de um jogo como The Legend of Zelda: A Link to the Past ou o Lode Runner: The Legend Returns; temos que jogar.

E ontem, a nostalgia veio até mim na forma do tema criado pela Red Hat chamado Bluecurve!

Não deu outra: ou eu instalava o tema ou não dormia a noite! eheheh

Ubuntu MATE 16.04 com Red Hat Bluecurve


O tema apesar de antigo, para mim, funcionou sem muitos problemas! Você pode baixa-lo em github.com/zizban/Bluecurve.

Abra o arquivo Bluecurve-master.zip, e descompacte a pasta Bluecurve-Metacity dentro da sua pasta de temas; veja:


Já o conjunto de ícones, eu preferi usar um que encontra-se em gnome-look.org/p/1167536.

Abra o bluecurve_icons.txz, e descompacte a BluecurveHR dentro da sua pastas de ícones; veja:


Feito isto, basta você alterar o tema no mate-appearance-properties que você encontra no menu Sistema -> Preferencias -> Look and Feel -> Aparência.

Uma vez alterado o Controle, as Bordas da Janela e os Ícones, você terá algo semelhante a isto:




Bem, é isto, mesmo com a falta do gtk-bluecurve-engine, confesso que fiquei muito feliz com o resultado!

Boa nostalgia. =)

Ah!!! Clique aqui e baixe o papel de parede usado nesta dica.


Paz a todos!

0 comentários:

Postar um comentário